PREVISÃO PARA O FIM DA GREVE DE ÔNIBUS EM BH

Greve de ônibus em BH - Veja agora mais notícias sobre a greve em BH 2012 dos rodoviários e fique por dentro de quando acaba. Moradores da região da Grande Belo Horizonte, em Minas Gerais, incluindo a capital, enfrentam nesta segunda-feira, 12, uma greve de motoristas de cobradores de ônibus. Cerca de 2 milhões de pessoas devem ser afetadas.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Belo Horizonte (STTRBH), a previsão é a de que somente 30% da frota de 2.700 veículos circule, obedecendo a escala mínima exigida por lei. Segundo a entidade, 74 mil trabalhadores de 58 empresas aderiram à paralisação.
O STTRBH reivindica reajuste salarial de 49%, 30 folhas de tíquete-alimentação no valor de R$ 15 cada uma, instalação de banheiros femininos nos pontos finais, participação nos lucros e resultados e uma jornada de trabalho de seis horas diárias.

Motoristas e cobradores em greve rejeitaram a proposta patronal de 13% de reajuste salarial condicionada a um aumento de 20 minutos na jornada de trabalho diária.
A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte informou em nota que criou um plano de emergência, em conjunto com a Polícia Militar e a Guarda Municipal de Belo Horizonte.

Leia a íntegra da nota da BH Trans:
‘A BHTRANS informa que, mesmo não tendo recebido comunicado formal sobre a anunciada greve dos rodoviários, foi realizada, na tarde de domingo, mais uma reunião de sua direção e equipe operacional para eventos e contingência com representantes da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e da Guarda Municipal, para revisão do plano de contingência, englobando operações especiais de trânsito, com o objetivo de minimizar os impactos, para a cidade, de eventuais movimentações dos rodoviários nesta segunda-feira, dia 12′.