CALENDÁRIO BOLSA FAMÍLIA 2015, DATA DOS PAGAMENTOS

Governo Federal vai ampliar os benefícios do Bolsa Família até 2015. Quem tem direito ao benefícios fiquem atento ao calendário bolsa família 2015 e acompanhe as datas dos pagamentos do PBF. 

Tirar mais oitocentas mil famílias da extrema pobreza por meio do programa Bolsa Família. É o que propõe o PPA 2012-2015, o Plano Mais Brasil, que é um conjunto de programas do Governo Federal para os próximos quatro anos. O plano prevê investimentos de cerca de 85 bilhões de reais na ampliação do programa. A ministra do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Tereza Campello, fala da importância da ampliação do Bolsa Família.

“Todas as famílias extremamente pobres passem a receber o Bolsa Família. Um dos nossos lemas é que não é mais a pobreza indo atrás da ajuda do Estado é o Estado indo onde a população pobre está”.

A dona Alzenir Santos é um exemplo de como o governo identifica famílias carentes. Ela divide um barraco de dois cômodos com sete parentes em Planaltina, Distrito Federal. Em uma consulta no posto de saúde do Sistema Único de Saúde, dona Alzenir falou ao médico como vivia. O profissional a encaminhou para o Cras, Centro de Referência de Assistência Social. A partir daí, Alzenir passou contar com 166 reais por mês. A beneficiada conta o que vai fazer com o benefício.

“Comprar roupa para meus filhos por que eles não têm. Comer bem. Eu comia mais arroz e feijão que é o grosso. Agora vou comer uma verdurinha, uma carninha”.

O PPA 2012-2015, Plano Mais Brasil, propõe o aprimoramento da estratégia de identificação das famílias em situação de extrema pobreza. O objetivo é inseri-las no cadastro único dos programas sociais para garantir alimentação, saúde e escola para todos, até 2015 daí a importância do Bolsa Família 2015. De acordo com o ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Bolsa Família atende 13 milhões de famílias pobres no País. O programa disponibiliza renda que varia entre 32 e 306 reais para assegurar o direito a alimentação das famílias na faixa de pobreza.

 
Mais informações no site oficial pelo endereço: