Caiu na Net: Video o Padre que fez sexo com menina na Parórquia de Niterói

Um video mostra o padre Emilson Soares Corrêa, 56 anos, que era responsável pela paróquia da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no bairro do Cubango, Niterói,  fazendo sexo com uma menor de idade dentro da casa paroquial. Todos – os curiosos – se perguntam: cadê o video?. Procuramos no Youtube e nada. O jornal extra teve acesso ao video feito por uma menina coroinha que foi abusada por ela. Ela armou a filmagem para denuncia-lo. No video o paraco faz sexo com um adolescente de 15 anos. É melhor mesmo que esse video nojento fique só com a policia!
Ultimas Noticias:

O Padre Taradão – Gastou mais de 40 mil reais com a adolescente para transar

” O padre acusado de abusar de adolescentes era uma mão aberta daqueles. Ele provava o seu “amor” com cada presente de fazer inveja para muitos namorados. Desde quando ele começou a fazer sexo quand

Padre TARADO! – Padre abusando de menor dentro dentro da casa paroquial – Brasil Urgente 26/02/2013 
Video da Reportagem – Band Noticias

Padre também era padrinho da vítima

Trecho da reportagem do Site Extra:

O flagrante
O pai das vítimas, em depoimento, diz que armou com a filha o flagrante do padre: ele afirma que “determinou que sua filha mantivesse relação sexual com o acusado e filmasse com o telefone celular”.
A filmagem
No vídeo, filmado pela vítima, já com 19 anos, uma menina faz sexo com o padre na casa paroquial, nos fundos da igreja. Ao fundo, é possível ver uma reprodução da Santa Ceia. Segundo o denunciante, a menina que aparece no vídeo teria 15 anos.
A confissão
O pai das duas vítimas afirmou, em depoimento, que, no dia 22 de novembro do ano passado, chamou o padre em sua casa e, exigindo explicações, mostrou o vídeo. Ele relata que, na ocasião, o padre pediu perdão.

“Sacanagem sob os olhos de Jesus Cristo e os apóstolos na Santa Ceia”- Jesus deve estar indignado!

Vítima filmou padre com menina de 15 anos para levar à polícia

Padre foi gravado fazendo sexo com menina de 15 anos

Eu sinto nojo, dia a adolescente

Essa era a igreja dele
Emilson era pároco da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango, em Niterói

As investigações sobre o caso do padre Emilson Soares Corrêa, já indiciado por estupro de uma menina de sete anos, ganharam novo personagem. A menina de 15 anos que aparece em um vídeo — divulgado pelo EXTRA na última terça-feira — fazendo sexo com o religioso na casa paroquial da Igreja Nossa Senhora do Amparo foi depor ontem na delegacia. Ela confirmou, em seu depoimento, que participou do flagra armado pelo pai das duas meninas que acusam o padre de estupro e afirmou que mantinha relações sexuais mensalmente com o padre desde os 14 anos. No relato, a menina afirma que ele oferecia pequenas quantias em dinheiro a ela.

— Ela disse claramente que aquela não foi a primeira vez. O relato da menor se aproxima muito do depoimento da outra menina, de 19 anos, também seduzida com presentes — afirmou a delegada Marta Dominguez, da Deam de Niterói.
Ela, porém, deixa claro que, apesar de a menina ser menor de idade, o ato sexual não configura crime:
— Ela tinha mais de 14 anos e não houve violência ou ameaça.
Embora o depoimento da menor não tenha produzido efeitos no inquérito, a situação do padre ficou mais complicada ontem. Um novo relato da menina de 19 anos, que também aparece no vídeo, resultou em novo indiciamento do padre por estupro. A jovem relatou à delegada que o padre a convenceu a fazer sexo oral com ele quando ela tinha apenas 13 anos. O episódio teria acontecido na banheira de hidromassagem em formato de coração que o padre tinha em sua casa paroquial.
— O novo indiciamento deixa o padre em situação mais difícil. Se a denúncia for aceita pelo Ministério Público, ele pode incorrer em concurso material, pois cometeu o crime mais de uma vez — explicou a delegada.

Fonte – Extra